Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Julio Cesar Santos  - PSD
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017/2020
    Presidente Atual
    Julio Cesar Santos
Interação entre os poderes Executivo e Legislativo colhem seus “frutos”
Foto:Leida Freitas
Legislativo e Executivo do município de Ouroeste

O apoio dos vereadores à administração municipal de Ouroeste vai além de acompanhar a execução orçamentária e financeira da gestão pública. Eles buscam, intercedem, analisam e participam. Serem vereadores atuantes tem rendido ao município relevantes benefícios, a exemplo de dois importantes acontecimentos neste mês abril, a conquista do MIT - Município de Interesse Turístico e o Complexo Solar Água Vermelha, ambos favorecerá á população na geração renda e empregos.

Em sessão ordinária realizada no dia 22 de novembro do ano passado os vereadores aprovaram o Plano Diretor de Turismo do município de Ouroeste com a finalidade de implantar uma política de turismo que seja eficiente para geração de renda e coloque a cidade em evidência para investidores em potencial.

Neste mês, o resultado. O projeto do Deputado Carlos Eduardo Pignatari que classifica a cidade como Município de Interesse Turístico foi aprovado em reunião na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Agora o município passara a receber recursos anuais do governo do Estado para investimentos na infra-estrutura turística e para as ações que foram planejadas no Plano Diretor de Turismo. Os MITS são de fundamental importância para geração de emprego e renda das cidades. A classificação garante a cada cidade o recebimento de cerca de R$ 600 mil reais por ano.

Complexo Solar e geração de empregos

Foi aprovada pelo legislativo, no dia 22 de dezembro de 2017, em sessão extraordinária, a Lei Complementar n. 47/2017 que autoriza o poder municipal a conceder redução de da alíquota do ISSQN dos serviços prestados durante o período de construção do Complexo Solar Boa Hora, incentivo decisivo para a implantação deste projeto no município.  

Acordo concretizado, neste mês já se iniciaram as obras de terraplanagem para a construção do Complexo Solar que produzirá energia elétrica por meio de placas fotovoltaicas, convertendo diretamente a luz solar em eletricidade. A planta é da AES Tietê e a empresa Prodiel será a responsável pela execução da obra. O Complexo entrará em operação até novembro deste ano. Os trabalhos de construção do Projeto Solar "Água Vermelha", terá um período aproximado de execução de 18 meses, com a operação comercial prevista para final de 2019.

"Nós vereadores devemos estar atentos as exigências da sociedade, o momento é de geração de renda e emprego a população. Para isso todos nós estamos trabalhando, apoiando e aprovando os projetos enviados pela prefeita Lívia. Agradeço a ela e aos colegas vereadores pelo empenho e companheirismo", ressaltou o presidente do legislativo Julio Cesar.

Data: 17-05-2018 08:33:50